quinta-feira, 12 de julho de 2018

Julho Amarelo: SP intensifica ações de prevenção, diagnóstico e aconselhamento das hepatites

Mesmo sem ter o Projeto de Lei votado no Senado e sancionado pela presidência da República, o Estado de São Paulo intensificará ações de prevenção, testagem e aconselhamento sobre as hepatites B e C. No Estado, 327 municípios aderiram às ações propostas pelo Programa Estadual de Hepatites Virais de São Paulo (PEHV-SP), que neste ano dará prioridade às pessoas com mais de 40 anos.
Segundo o PEHV-SP, “o grande desafio, principalmente nessa população, é o diagnóstico da doença. Por ser uma doença de longa evolução e que, geralmente, não apresenta sintomas, essas pessoas podem ter se contaminado no passado e não saber que têm o vírus.” A preocupação da gestão é que a infecção pode evoluir para formas mais graves como a cirrose ou o câncer hepático. “Por isso a recomendação de realização do teste para hepatite C pelo menos uma vez na vida, com o objetivo de diagnosticar e tratar o mais precocemente.”
O Ministério da Saúde estima que 0,7% da população, entre 15 e 69 anos, no Brasil, teve contato com o vírus da hepatite C. Isso corresponde a aproximadamente 1 milhão de pessoas. Estima-se que cerca 700.000 pessoas tenham a doença e necessitam de acompanhamento e tratamento.
Assim, no período de 16 a 31 de julho de 2018, 327 municípios do Estado vão intensificar o acesso à testagem, cujo objetivo também é divulgar o tema à população em geral. Já no dia 16 de julho, das 10h às 15h, a Casa das Rosas abre suas portas para iniciar a intensificação no Estado de São Paulo, oferecendo aconselhamento, teste rápido para hepatite C e atividades de prevenção e esclarecimentos à população. O evento é organizado pelo PEHV-SP em parceria com o Programa Estadual de IST/Aids (PE-IST/AIDS-SP) e apoio da Secretaria de Estado da Cultura.
No dia 24 de julho, o Centro de Convenções Rebouças recebe a “Jornada do Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais B e C”, evento alusivo ao Dia Mundial de luta contra as Hepatites. O evento reunirá cerca de 200 profissionais das áreas clínica e de saúde pública para um amplo debate sobre as questões envolvidas em assistência prevenção e vigilância epidemiológica das hepatites.
Finalmente, no dia 31 de julho, o Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo do Estado, oferecerá teste rápido para hepatite C, aconselhamento, atividades de prevenção e esclarecimentos aos funcionários do palácio. Organizado pelo PEHV-SP em parceria com o PE-IST/AIDS-SP, o evento tem apoio dos departamentos Médico e de Recursos Humanos do Palácio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

National Prosecutor's Office determines the Union provide drugs on the treatment of hepatitis C to SP

The decision was set in consequence of a collective action filled after a legal representation of the State of São Paulo Forum...